quinta-feira, setembro 14, 2006

Volver

Um bom filme, no cinema de sempre. Uma óptima companhia & uma conversa agradável, com dois chocolates quentes fumegantes à frente. E assim se fazem dias perfeitos (mesmo com a chuva a teimar em cair antes do tempo).

Volver,
con la frente marchita,
las nieves del tiempo
platearon mi sien.
Sentir,
que es un soplo la vida,
que veinte años no es nada,
que febril la mirada
errante en las sombras
te busca y te nombra.
Vivir,
con el alma aferrada
a un dulce recuerdo,
que lloro otra vez.

1 comentário:

eduardo disse...

Hoje (25 de Março 2008) vi o "Tudo sobre a minha mãe" e adorei.
O Volver ainda tenho de ver.